Ata de assembleia geral ordinária
31 de janeiro de 2019

Veja nesse post as 10 maiores dificuldades do síndico profissional

Após um longo debate com as melhores empresas de síndicos profissionais de Belo Horizonte relacionamos as maiores dificuldades da prestação do serviço de síndico profissional nos condomínios. Segue abaixo os principais pontos:

1 – Agregar valor, convencer e vender o serviço de Síndico Profissional ao condomínio, tendo em vista os baixos valores das empresas de síndico profissional concorrentes que não possuem a qualificação e a dedicação necessária para gerir os edifícios. Na grande maioria das vezes os condôminos só preocupam-se com preços.

 

2 – Convencer os condôminos a confiar no primeiro ano de gestão de síndico profissional, tendo em vista que as gestões passadas (moradores) não executaram inúmeras manutenções preventivas e corretivas por falta de conhecimento técnico e as mesmas necessitam ser executadas. Obviamente essas manutenções irão onerar as despesas do condomínio. E como convencer os condôminos para arrecadar fundos para isso.

 

3 – Alinhar as expectativas dos condôminos que a gestão de síndico profissional está totalmente voltada para melhorar os ativos imobiliários e não em resolver conflitos particulares entre moradores e muitas vezes executar serviços de zelador como “trocar lâmpadas” do condomínio como vários condôminos analisam como função de síndico.

 

4 – Diminuir os custos do condomínio, sendo que na maioria das vezes quando o síndico profissional é contratado, o edifício necessita de várias intervenções de manutenções preventivas e corretivas que não foram executadas nas gestões anteriores, além de o síndico anterior muitas vezes deixar de pagar impostos necessários e executar vários serviços sem nota fiscal por preços melhores.

 

5 – Efetuar a reeleição do síndico profissional, sendo que devido o mesmo ter executado todas ou algumas das manutenções preventivas e corretivas atrasadas das outras gestões em sua primeiro ano de gestão, o mesmo não conseguiu reduzir custos, pelo contrário, aumentou.

 

6 – Conscientizar os condôminos de que o condomínio necessita de possuir fundos trabalhistas, de reserva, de obra e um caixa suficiente para suportar um aumento de tarifas devido inflação ou de inadimplência.

 

7 – Modificar a cultura de trabalho dos funcionários do condomínio executando a nova cultura da empresa de síndico profissional contratada, já que na maioria das vezes os funcionários possuem anos de prestação de serviços no edifício e o condomínio não possui condições de substituir a equipe devido a falta de recursos financeiros para a rescisão contratual, além da boa convivência de anos desses funcionários com os condôminos.

 

8 – Convencer os condôminos que a empresa de síndico profissional não conseguirá resolver todos os problemas deixados nos últimos anos apenas no seu primeiro ano de gestão.

 

9 – Explicar ao cliente que a empresa de síndico profissional conta com vários colaboradores para tratar dos assuntos do condomínio e não apenas o síndico eleito na Ata de Assembleia.

 

10 – Conseguir escalar e possuir muitos clientes, sendo que cada condomínio possui muitas particularidades.

WhatsApp Converse com um Especialista